terça-feira, 26 de outubro de 2010

Insubordinação?


Sinônimos: desobediência, indisciplina, insubmissão, rebelião e subversão...


Não sei se estou de saco cheio do meu emprego... Explico: não gosto de estar empregada, isso é fato. Gosto do dinheiro que vem com isso (que no meu caso não é lá essas coisas). Sou funcionária pública por opção, tenho o cargo por opção, e isso de certa forma me faz livre. Tenho um cargo as avessas de minhas formações (técnicas e acadêmicas) e isso não me emputece. Foi minha opção. Agora uma coisa que me deixa profundamente desmotivada, é o que não tenho opção de escolha: meu"s" superiore"s", e (alguns) "colegas" de trabalho. Umas das pessoas a qual me refiro cisma em dizer que sofro de insubordinação... Não possuo em mim nenhum adjetivo dos sinônimos citados acima, mas não suporto lidar com gente que acha que é o que não é... Veja, primeiramente há uma grande diferença (pelo menos aceitável para mim) entre trabalho, emprego e serviço. TRABALHO é qualquer atividade executada, remunerada ou não, EMPREGO é um tipo de trabalho remunerado, de vínculo permanente e formal, prestado a uma organização ou pessoa (doméstico). Então emprego é carteira assinada ou emprego público, SERVIÇO: ato ou efeito de servir... Sendo assim me adpto a trabalhos e serviços... Manjou?! Cara, é insuportável chegar no emprego às 7h da manhã (é horrível qualquer coisa que não seja dormir à essa hora, rs) e ouvir o camarada gritando (no meu caso substantivo feminino), berrando, urrando e pior falando ofensas + palavrões... Ai quando eu falo peloamordeDeus para o cidadão se conter e não fazer tudo isso, estou sendo errada?! Pôxa... peraí, educação aonde fica?! No meu emprego tem vários empregados (e quase nenhum trabalhador e mais longe, serviçal), mas não sei pq cargas d'água o setor não funciona... É um joga-joga de função para os babacas que aceitarem, fazerem. Normalmente os babacas se concentram no meu horário... E se o Empregado do Mês que está nesse "carguinho" há 20 anos não fizer.... "Ei, aqui!!! Somos os babacas da manhã!!! Manda aê!!" e se não dermos conta vamos ouvir como se só fôssemos nós... Me chateia profundamente, e quando ouço que todo lugar é assim, fico muito nervosa... Trabalhei em diversos lugares e nenhum, repito, nenhum tinha TANTA gente fdp!!!! Cara! Trabalhei num lugar que o ato de ser fdp se concentrava apenas na chefe do setor... mas ela era burra e isso a tornava até engraçada... E eu falo que uma daquela foi só uma vez, pq eu pagava faculdade e tals, e msm assim zarpei do trampo um semestre antes de acabar a facu (terminei a facu msm assim.. viu como dá?!).. Acho que o grande barato é virar um espelho. Sem se igualar, é claro, na falta da velha e boa educação e na omissão... Enqto isso, vamos cada um trabalhando por três...... Ou na dúvida, virar "Zero"... Todo Sargento Tainha (tbm adiposo e volátil como alguém, rs) merece um Zero na vida....

Frases Célebres do Zero: It´s funny how time flies when we are goofing off (”É engraçado como o tempo voa quando a gente está de folga”).
Never let to tomorrow what you can do the day after tomorrow (”Nunca deixe para amanhã o que você pode fazer depois de amanhã”).

2 comentários:

bruno matteussi disse...

não sei porque me identifiquei com esse texto. hahahaha. onde eu trabalho é igualzinho.
tamujunto moniquinha.

renoveavida.blogspot.com..br disse...

mesmo com tantas controvérsias convenhamos ,o negócio é ser FELIZ!então esteja onde estiver faça o que fizer ...seja feliz.

Postar um comentário